Enciclopédia de Acupuntura – 34 Qi defensivo

34- Qi defensivo
Ideograma:衛氣

Romanização:wèiqì

Tradução literal:defender, guardar, energia, sopro.

Definição: o qi que move fora dos canais, protegendo a superfície dos corpos e defendendo de fatores patogênicos externos que invadem o organismo pela pele e pelos canais.

Fatores patogênicos: o wei qi defende o organismo da entrada dos fatores patogênicos como o vento, frio, humidade e calor considerados externos e também microorganismos.

Pele: por circular entre a pele e as fáscias, o wei qi também e responsável pela abertura e fechamento dos poros, sudorese e equilíbrio térmico,alémde condições do tegumento em geral. Em chinês, o espaço entre a pele-poros e fáscias é chamado “cou li”.

Canais tendino-musculares: a circulação do wei qi também se dá nos tendino-musculares sendo responsável pela rigidez.

Natureza yang: o wei qi se move rapidamente, de forma escorregadia,com força na superfície na sua ação de defesa.

Origem: por sua natureza yang diz-se que o wei qi é quente tem origem no ming men e no qi verdadeiro, zhen qi.

Musculatura: O qi defensivo aquece os músculos e sua condição pode ser percebida pelo pela palpação obervando tônus da pele, humidade e elasticidade. Além disso, sua circulação nos canais tendino musculares reforça sua ligação com os grupamentos musculares.

Circulação: a circulação do wei qi se dá pelo pulmão que tem a função de dispersar o qi pelo organismo e também relaciona o wei qi com as funções imunológicas. Segundo o Ling Shu, durante o dia, o qi defensivo circula no tai yang, no shao yang, no yang ming e retorna pelos canais yin. Assim ocorre durante o dia. Durante a noite, o qi defensivo entra pelos rins, e circula pelo ciclo de controle, do rim para o coração, do coração para o pulmão, fígado, baço e de volta ao rim.

Questão: como está sua resistência aos fatores patogênicos externos, está sempre resfriado, com febres ou ao contrário, está com sua defesa atuando bem?

O qi defensivo é a primeira barreira do organismo sadio, manter sua circulação harmoniosa durante o dia e noite é fundamental para preservar saúde em todos os casos clínicos.

www.multiversidade.com

About The Author

Mario Fialho

Mário Fialho é pai do Miguel Luz, professor na multiversidade, clínica e escola em Niterói. Vive dedicado a escrever, ensinar e a cuidar de tudo que é bom, belo e verdadeiro com simplicidade. E agradece a sua visita.

Escreva, sua opinião é muito importante.