Enciclopédia de Acupuntura – 21 Espírito (jingshén)

21- Espírito
Ideograma:精神
Romanização:jīngshén

Tradução literal: Estado mental, humor, essência, corpo-mente.

Definição: Refere-se ao estado mental, usado no contexto da doença mental, trás implícita a correlação entre jing e shen traduzido como “essência-espírito” e modernamente está correlacionando com doenças psiquiátricas e aos estudos da psicologia. É a forma mais usual nos textos modernos de ser referir a shen, indicando a vitalidade e estado de espírito.

Jingshen: é comumente usado em substituição à shen, com ênfase na matriz da vida, que direciona o sujeito. Shen, só se torna visível na sua relação com jing, a essência do corpo material. A essência é um substrato fundamental para o shen, se há deficiência de jing, o shen é afetado.

Falta de jingshen: pode indicar cansaço, dificuldade de concentração, memória fraca, falta de interesse pela vida, depressão.

Coração e rins: Como o coração guarda o shen e os rins alojam o jing, as doenças mentais são comumente associadas às desordens desses órgãos.

Classificação ocidental: Jingshen aparece em todas as palavras relacionadas às desordens psíquicas como entendidas nosológicas no ocidente e hoje também presentes na medicina chinesa desde psicanálise (精神分析) até esquizofrenia (精神分裂症).

Classificação oriental: Isso não significa que diversas descrições clássicas não possam ser atualizadas em paralelo com o ocidente, como é o caso da insônia, demência, exaustão mental, e loucura, e mania, presentes na medicina chinesa.

Psicossomática: Jing Shen se relaciona a xin-shen (心身) que corresponde ao que entendemos hoje por psicossomática. Esse campo de interface da medicina chinesa com a psicologia existe muita sobreposição de conceitos, pois tão nova quanto é a psicologia ocidental no oriente, é a medicina chinesa no ocidente.

Psicologia: Aqui cabe ressaltar o sentido de psicologia e o ideograma de coração xin-li (心理) onde o coração é sinônimo de mente e emoções.

Questão: Você, como praticante ou paciente de acupuntura, sente os efeitos psíquicos do tratamento? Dá ênfase a eles no seu diagnóstico?

Embora modernamente a noção de espírito tenha se tornado mais ocidentalizada, reduzindo à suas manifestações clínicas, precisamos resgatar o valor da busca do tão e da não-ação, presentes na filosofia chinesa.

www.multiversidade.com

About The Author

Mario Fialho

Mário Fialho é pai do Miguel Luz, professor na multiversidade, clínica e escola em Niterói. Vive dedicado a escrever, ensinar e a cuidar de tudo que é bom, belo e verdadeiro com simplicidade. E agradece a sua visita.

Escreva, sua opinião é muito importante.