Enciclopédia de Acupuntura – 20 Espírito

20- Espírito
Ideograma:神
Romanização:shén

Tradução literal:espírito(s), Deus, mente, vitalidade, inteligência, brilhantismo.

Definição:Existem três diferentes sentidos para shen na medicina chinesa e sua tradução é sempre difícil por ser um conceito polissêmico. Primeiro representa a atividade exterior do corpo, seja saudável ou patológica, entendido como a vitalidade. Segundo se refere às funções de pensamento, emoções e cognição, todos alojados no coração. Terceiro relaciona à atividade espiritual de movimento e mudança do mundo fenomênico, similar à noção latina de spiritus.

Definição tradicional: Ted Kaptchuk afirma shen “é a capacidade da existência humana de ser um iniciante, um participante e um guardião do universo. É também o que permite aos humanos inserir ou introjetar seu autêntico self em sua vida mundana e serem participantes em moldar seu destino”

Sinais de vitalidade: olhos brilhantes, fala clara e coerente, compleição facial normal. A falta de vitalidade é indicada pela apatia, compleição escura, olhos apagados, voz fraca e lenta, respostas incoerentes, insônia.

Consciência:Shen como consciência engloba do senso estético e artístico e a autenticidade ao sentido da vida, reflexão, valores e moral, tudo depende do espírito, um espírito saudável é criativo e o indivíduo se sente participante do universo. A noção de destino e de estar em harmonia com seu papel no cosmos também estão associadas à noção de espírito como consciência.

Shen na tradição: Diz-se que em havendo shen o prognóstico em bom, se não há, não adianta tratamento. Shen estaria além do yin-yang. A maior virtude é shen. Poder intelectual, o logos, que irradia de uma pessoa. O nei jing diz que um doutor capaz é aquele que pode ver o shen do paciente. Aquele que tem shen vive, aquele que não tem shen morre. Shen tem origem celestial. Shen surge da união de jing, está associado ao surgimento da vida.

Diagnóstico:embora relacionado ao estado de espírito do paciente, o shen é também observado no pulso, na língua e na coloração da face.

Shen e as entidades vicerais:Hun, Po, Yi e Zhi -alma corpórea e etérea, inteligência, força de vontade são associados também a noção de shen, sendo correspondentes a cada víscera, relacionados à uma função emocional, diferente da sua função anatômica ocidental.

Questões:Você está no caminho do seu destino pessoal, sente-se participante do universo?

Shen nos fala da nossa relação com o universo, com o senso de pertencimento e expressão criativa, com a autenticidade e originalidade da vida humana. Através do shen cara um é convidado a participar da dança da criação, a ser tornar um artista em cada atitude.

www.multiversidade.com

About The Author

Mario Fialho

Mário Fialho é pai do Miguel Luz, professor na multiversidade, clínica e escola em Niterói. Vive dedicado a escrever, ensinar e a cuidar de tudo que é bom, belo e verdadeiro com simplicidade. E agradece a sua visita.

Escreva, sua opinião é muito importante.