Enciclopédia de Acupuntura – 19 Essência

19- Essência
Ideograma:精
Romanização:jīng

Tradução literal: essência, sêmen, semente.

Definição:(1) Substância fundamental que compõe a estrutura física e mantém as funções corporais; (2) essência reprodutiva armazenada nos rins.

Conceito: Como muitos conceitos orientais de difícil definição, jing nos remete ao sentido de potencial, orientação e atualização que modelam o nascimento, o amadurecimento, o declínio e a morte.

Origem da essência: a essência pode ser dividida em dois sentidos de acordo com sua origem, qual seja pré-celestial, ou pós-celestial. A pré-celestial ou congênita tem é herdada dos pais, a pós-celestial ou pós-natal deriva dos alimentos e das atividades físicas, mentais e emocionais.

Ciclos da vida: A essência promove o amadurecimento lento, perceptível ao longo da vida. No homem, em ciclos de 8 anos na mulher e de 7 anos no homem.

Desarmonias da essência: Acarretam problemas congênitos, infertilidade, disfunções sexuais, atrasos no início da menstruação, incapacidade de se tornar mais “sábio” com a maturidade, envelhecimento precoce, falta de concentração e memória, cabelos broncos precocemente, queda de cabelos, problemas ósseos e de má-formação.

Relação Qi e Jing: A origem do Qi é a essência pré-celestial, já o Qi ajuda a gerar a essência pós-celestial. (a essência é yin em relação ao Qi).

Armazenada nos Rins: Embora armazenado nos rins, diz-se também que a essência circula nos 8 canais extraordinários.

Funções: Crescimento, reprodução, amadurecimento, longevidade, caracteriza o yin do rim, relaciona-se com os ossos, a medula e o cérebro, está presente como a parte yin do portão da vitalidade.

Afetam a essência: o excesso de atividade sexual (homens), consumo exagerado de sal, falta de repouso e excesso de trabalho.

Essência e Sangue: Jing e Xue também são considerados os elementos fundamentais da concepção, a essência identificada ao sêmem masculino e o sangue à fertilidade feminina.

Questões:Você preserva sua essência para atingir a longevidade?

A essência nos remete ao longo processo da vida, à nossa herança energética que devemos preservar bem como à energia que extraímos dos alimentos que deve ser suficiente para que a essência congênita não seja desperdiçada.

www.multiversidade.com

About The Author

Mario Fialho

Mário Fialho é pai do Miguel Luz, professor na multiversidade, clínica e escola em Niterói. Vive dedicado a escrever, ensinar e a cuidar de tudo que é bom, belo e verdadeiro com simplicidade. E agradece a sua visita.

Escreva, sua opinião é muito importante.