Enciclopédia de Acupuntura – 17 Metal

17- Metal
Ideograma:金
Romanização:jīn

Tradução literal: ouro

Definição: Uma das cinco fases correspondente ao outono, à cor branca, ao sabor pútrido, ao órgão do pulmão e intestino grosso, seu som é o choro.

O metal é chamado de fole: Referência ao pulmão que tal como o fole, circula ar e é considerado o mestre da energia (Qi).

Plenitude do metal falha em soar: Plenitude se refere ao Qi patogênico alojado no pulmão. Nestes casos o Qi do pulmão não desce gerando rouquidão e dificuldades na fala.

Metal e água geram um ao outro: Embora pelo ciclo de geração dos cinco elementos o metal gere a água, na prática clínica, deficiência de Qi do pulmão pode gerar deficiência dos rins e vice-versa.

O Qi do metal descende: Tal como o metal na água afunda, o Qi do metal tende a espalhar o Qi e água para baixo.

Primeiro ministro: O pulmão é considerado o primeiro ministro por controlar a respiração e o Qi, assim como por ajudar o coração a distribuir o sangue.

Forma do corpo: cútis pálida, face quadrada, cabeça pequena, ombros e parte superior do dorso pequeno, abdome achatado, voz forte.

Fim de um ciclo: Relacionado com o outono, como início do fim de um ciclo, o choro e o pesar acompanham o metal.

O metal é mãe da água: No ciclo de geração o metal gera a água, na relação entre eles, o Qi do pulmão desce para encontrar o Qi dos rins, bem como mantém o fluxo de líquidos.

O metal pode contra-atacar o fogo: Embora não muito comum, os cinco elementos podem reverter o ciclo de controle, neste caso, fleuma acumulado no pulmão pode obstruir a circulação do Qi do coração;

Questões: Como está sua respiração, profunda e livre de obstruções ou superficial e bloqueada emocionalmente. Você consegue chorar e fazer o luto das situações que passaram em sua vida ou fica carregando a tristeza consigo?

O metal correlaciona-se com o pulmão e intestino grosso, sua plena expressão se mostrar em uma voz forte e bem impostada; marca o fim dos ciclos da vida, o luto e a tristeza, nos lembra da impermanência de tudo na Terra.

www.multiversidade.com

About The Author

Mario Fialho

Mário Fialho é pai do Miguel Luz, professor na multiversidade, clínica e escola em Niterói. Vive dedicado a escrever, ensinar e a cuidar de tudo que é bom, belo e verdadeiro com simplicidade. E agradece a sua visita.

Escreva, sua opinião é muito importante.