Os Pontos do Mestre Tung

Há muitos anos atrás, quando ninguém tinha ouvido falar dos pontos do Mestre Tung, comecei a estudar no único livro publicado em inglês e nos textos chineses.

Meu professores me mostraram a direção que eu cumpri estudando. Antes de começar a ensinar sobre os pontos, me debrucei cuidadosamente sobre cada um deles, me agulhando em cada ponto e fazendo aos poucos experimentações nos alunos e pacientes do outros cursos.

Foram 5 anos de prática e pesquisa antes de começar a ensinar esse esse estilo que considero uma das mais antigas e originárias da sabedoria chinesa, nele estão expressas a síntese da medicina chinesa que parece mágica aos olhos ocidentais.

pontos-mestre-tungO estilo do Mestre Tung não é um estilo pessoal, é um estilo de um mestre e talvez seja o mais antigo dentre todos os estilos que podemos chamar de tradicionais.

O seu último representante, que fugiu da China comunista na revolução, afirmou que ele não deveria ser ensinado para chineses continentais e nem mesmo podemos falar que ele o ensinou. Era muito cuidadoso e antes dele, este saber só foi transmitido de pai para filho. Foi no final da sua vida que decidiu ensinar a tradicionais que como fazem, viram uma forma de levar mais um tesouro do oriente para o ocidente. Claro que existem muitos autores que geram e continuam gerando grandes contribuições no campo a partir do rio da linhagem da família Tung.

Seu conjunto de pontos e os registros não traz as chaves de interpretação dos pontos, mas apenas aquilo para que seus alunos viram ele usar os pontos nos tratamentos, ou seja é um relógio onde não vemos as engrenagens e o que temos depois de ver o movimento dos ponteiro, é um esforço para explicar essas engrenagens.

As relações que simplificamos nos sistemas de meridianos e a sobreposição de diversos hologramas não bastam ser repetidos, precisam ser compreendidos para podermos retirar o melhor dos seus exemplos. Seus pontos são exemplos de pontos para serem compreendidos e não uma lista pra ser decorada, apesar dos belos resumos de estudos que tem surgido por aí.

Assim, os pontos são os exemplos de diversas sobreposições de ressonâncias, os resultados de uma linhagem que não era ensinado fora do ambiente familiar.

Tung afirmava para seus alunos que: “se ele não fosse capaz de aprender apenas observando os pontos tung, sem explicações, então o aluno não merecia ser seu aluno”.

Esse é o tema central da transmissão, é preciso muito tempo de prática para poder fazer um raciocínio criativo dentro de um estilo mas o que vemos por aí é o contrário disso. Jovens acupunturistas que apenas “ouviram falar” e viram uma ou outra demonstração acham que podem sair traduzindo do inglês um conteúdo como a linhagem do mestre Tung. Eu acho que isso tem consequências morais, clínicas para seus pacientes e kármicas, pra quem acredita.

O conhecimento dos sistemas interiores são para serem contemplados, sentidos e percebidos com práticas internas de qi gong e desveladas para o praticante ao longo da prática e da contemplação que leva anos. Eu tenho certeza que levarei mais 22 anos de prática para dizer que apenas continuo aprendendo. Tentar traduzir a compreensão de outros é sempre temerário em qualquer área do saber, mas principalmente na clínica pois o que está em jogo é a vida, o sofrimento de outro ser humano.

Por isso, na multiversidade, não ensinamos este estilo para o iniciante, o levamos aos poucos a construir o conhecimento com bases ao invés de decorar pontos e ao final do curso o aluno tem seus próprios pontos. Aliás, este é o trabalho final do aluno do curso, reconhecer e propor um novo ponto, com seu nome ou o nome que escolher para o ponto.

A maestria na acupuntura está ao alcance do praticante, a pessoa que acha que basta ler um livro para poder agulhar sem se preocupar com a prática tem levado o entendimento da acupuntura ao nível mais baixo de todos os tempos. É assim com qualquer saber, como um tesouro, distribuídos de qualquer jeito o que chega é desinformação e falta de experiência que possa ser chamado de uma transmissão, se você não concorda com isso, veja os resultados alcançados. Se eu te falar que normalmente temos 100% de alívio em 100% das sessões você não iria acreditar e o mais interessante é que nem eu espero que você acredite.

A internet criou o fenômeno dos resumos. Alguém que não escreveu nada de sua autoria, não pensou ou refletiu o assunto, pega um livro de outrem, faz um resumo e vende a informação de qualquer jeito já que a grande massa não vai se dar ao trabalho de ler. É um fenômeno muito comum, mas associados a técnicas de marketing não passam de uma casca sem conteúdo, de beleza exterior sem conteúdo, sem linhagem e sem méritos.

Claro que para as pessoas que nunca vão ler os livros e ficar com aquela informação com tempo suficiente para ela se integrar com a vida, perde muito, são na verdade roubados do conhecimento verdadeiro. Por trás disso, existe apenas a arrogância e claro, os problemas financeiros que fazem com que tudo se torne uma fórmula de lançamento que fazem uma única venda para depois perder de vez a credibilidade.

No caso da linhagem do Mestre Tung,  isso é grave e perturbador, pois quem conhece as disputas entre seus vários discípulos, entre os vários grupos que estão “redescobrindo” a acupuntura a partir do legado familiar da Família Tung sabem do valor deste conhecimento e da importância de difundir este saber de forma plena e atualizada.

acupuntura-do-mestre-tungO imagem fantasmática do imperador amarelo guardado por um dragão mostra um pouco disso, não estamos diante um saber qualquer, mas de um saber guardado por gerações e gerações para libertar as pessoas de sofrimento e isto é pra ser tratado com o cuidado, dedicação e gratidão que todos esses guardiões merecem. Se isso não faz sentido pra você, se acha que tudo na vida se compra ou se aprende de graça online, então boa sorte, sinceramente boa sorte.

A Acupuntura e os pontos do Mestre Tung é entre muitos motivos radical porque não tem nenhum supoerte biomédico que a sustente. Nela estão vivos as expressões do i-ching e dos clássicos quando afirma, por exemplo, que é preciso tratar o alto pelo baixo, da dinâmica de polaridade e ressonâncias (gan yin) pelo corpo todo.

Este conhecimento para alguém engajado com a saúde e bem-estar do outro é sagrado.

Recomendo então, ao estudante sincero que quer mais do que ter uma forma de consultar a internet para uma pesquisa rápida que busque experimentar em si os pontos todos do mestre tung e ver os efeitos que provocam sobre seu sopro. Talvez este seja um caminho lúcido e ético não só para a prática da acupuntura com os pontos do mestre tung como para todas as práticas de acupuntura.

As ferramentas online parecem simplificar, mas o caminho da arte da clínica é longo.

Vita brevis, ars longa dizia o ditado latino, a vida é breve e a arte é longa, então, você no caminho do cuidado e da clínica, dedique-se, o caminho mais curto não é necessariamente o melho ou o mais simples.

 

7 minutos Há muitos anos atrás, quando ninguém tinha ouvido falar dos pontos do Mestre Tung, comecei a estudar no único livro publicado em inglês e nos textos chineses. Meu professores me mostraram a direção que eu cumpri estudando. Antes de começar a ensinar sobre os pontos, me debrucei cuidadosamente sobre cada um deles, me agulhando em cada ponto e fazendo aos poucos experimentações nos alunos e pacientes do outros cursos. Foram 5 anos de prática e pesquisa antes de começar a ensinar esse Continue

1 minuto 35- Qi nutritivo Ideograma: 營氣 Romanização:yíngqì Tradução literal:nutrir, energia, sopro. Definição:o qi que se move nos canais e nutre os órgãos e tecidos. Sangue: em combinação com fluidos o qi nutritivo gera o sangue e acompanha o sangue. Prática: quando estimulamos os pontos de acupuntura, é principalmente o qi nutritivo que circulamos tanto nos canais principais, secundários como nos órgãos e vísceras. Circulação: O ying qi circula continuamente. Primeiramente pelos 12 canais, começando no pulmão e terminando no fígado. A circulação se Continue

2 minutos 34- Qi defensivo Ideograma:衛氣 Romanização:wèiqì Tradução literal:defender, guardar, energia, sopro. Definição: o qi que move fora dos canais, protegendo a superfície dos corpos e defendendo de fatores patogênicos externos que invadem o organismo pela pele e pelos canais. Fatores patogênicos: o wei qi defende o organismo da entrada dos fatores patogênicos como o vento, frio, humidade e calor considerados externos e também microorganismos. Pele: por circular entre a pele e as fáscias, o wei qi também e responsável pela abertura e fechamento Continue

2 minutos 33- Qi ancestral Ideograma:宗氣 Romanização:zōngqì Tradução literal: ancestrais, antepassados, energia, sopro. Definição: é a combinação do qi essencial derivado do alimento e do ar, armazenado no peito e serve como uma força para a circulação do sangue, respiração, voz e movimentos. Sinonímia:qi genérico, qi torácico, grande qi, mar do sopro superior, qi coletor, qi essencial. O qi ancestral tem o maior número de traduções. Formação: Formado pelo qi dos alimentos e o qi do ar, o baço envia o qi dos alimentos Continue

2 minutos 32- Qi verdadeiro Ideograma:真氣 Romanização:zhēnqì Tradução literal:verdade, sopro. Definição:é a combinação do qi inato com o qi adiquirido que serve de substrato da força dinamica de todas as funções vitais, nome genérico para o qi circulante. Sinonímia:qi genuíno, energia autêntica, qi perfeito. Circulação: o qi verdadeiro é a última etapa de transformação e refinamento do qi, é o qi verdadeiro que circula nos canais e nutre os orgãos. Manifestações: o qi verdadeiro se manifesta de duas formas yin e yang, o ying Continue

1 minuto 31- Qi adiquirido Ideograma:先天之氣 Romanização:hòutiān zhīqì Tradução literal: qi pós natal, qi posterior, adiquirido, qi protocósmico. Definição: qi que é adquirido depois do nascimento e formado da alimentação, do ar puro inspirado pelo pulmão. Sinonímia: qi pós-natal, posterior. Elementos: Qi celestial é adquirido pela respiração e qi terreno que é recebido pela alimentação que vão formar três tipos de qi o Zong qi ou qi toráxico, ying qi ou qi nutritivo e wei qi ou qi defensivo. Deficiência do qi adiqurido: se Continue

2 minutos 30- Sopro innato Ideograma:先天之氣 Romanização:xiāntiānzhīqì Tradução literal: sopro da vida inato, congênito, pré-natal, qi deutoronômico. Definição:energia/inteligência que nós herdamos dos nossos pais, que existe desde o nascimento e é armazenado nos rins que se manifesta até a puberdade. Analogias: código de dna, “karma” de vidas passadas, maldição familiar. Inclusão:relaciona-se com jing, essência, o yuan qi, ou qi original e é armazenada no ming men, portal da vitalidade. Sexo e concepção: o qi congênito também está relacionado com o qi que se une Continue

2 minutos 29- Sopro Ideograma:氣 Romanização:qì Tradução literal: sopro da vida, energia, vitalidade. Definição: o elemento básico que constitui o cosmos os pensamentos e movimentos, mudanças e transformação, produz tudo no mundo, inclusive o corpo humano e as as atividades de vida. No campo da medicina, qi se refere à substância sutil e nutritiva que flui no corpo bem e seu movimento corresponde às atividades funcionais. Sinonímias: comumente comparado com as noções de elan vital, energia vital, prana, spiritus latino e também a noção Continue

2 minutos 28- Fogo Ministerial Ideograma:相火 Romanização:xiānghuǒ Tradução literal:ministro fogo, mútuo fogo, cooperativo. Definição: um tipo de fogo fisiológico originado dos rins que se junta aos fígado, vesícula e triplo aquecedor que, em cooperação com o fogo soberano do coração, aquece as viceras e promove a atividade. Se esse fogo está hiperativo, pode causar danos para o corpo. Pericárdio: o fogo ministerial também é associado ao pericárdio em sua função de harmonia com o coração, xin bao, pericárdio, protege o coração como um ministro Continue

2 minutos 27- Fogo Soberano Ideograma:君火 Romanização:jūnhuǒ Tradução literal:fogo soberano ou imperial. Definição: fogo do coração em contraste com o fogo ministerial dos rins, que é a raíz do fogo do figado-vesícula e triplo aquecedor. Taoismo: As noções de fogo soberano e fogo ministerial guardam relação com a circulação de energia da alquimia interior. Pela alquimia interior o praticante deve manter o fogo que nasce da água (rins) e a água que nasce do fogo (coração) em transformação e união de opostos. Budismo: Mas Continue